Consumo de substâncias psicoativas durante a quarentena

postado em: blog 0

Esta é uma tradução com adaptações para o contexto brasileiro do artigo publicado no site do Échele Cabeza
Tradução por Janaina Rubio Gonçalves

 

Se você usa drogas regularmente, isso pode ser uma fonte muito importante de satisfação para você, mas como sempre, existem riscos e danos associados a essa prática. É normal que, em situações de estresse, o seu desejo de usar aumente, por isso é importante que, em dias de isolamento e solidão, leve em consideração:

 

  • Encontre opções diferentes para acalmar sua ansiedade. Aproveite o tempo para ler um bom livro, ouvir suas músicas favoritas, cozinhar, trabalhar em algo pendente, tirar a poeira de seus jogos de tabuleiro, organizar seus espaços em casa, beber água saborizada ou chás etc.
  • Organize seu tempo e as tarefas que você deve concluir.
  • Mantenha sua rotina de uso, não aumente seu consumo devido ao isolamento preventivo ou quarentena.
  • Divida as substâncias em pequenas quantidades/doses, assim isso permitirá que você identifique facilmente quando está consumindo mais do que o habitual.
  • Não exagere em bebidas como café e chá preto. Tente evitar bebidas energéticas, pois elas podem aumentar seus níveis de ansiedade durante o confinamento.
  • Se você tiver gripado ou com sintomas, é melhor isolar-se e não compartilhar os mesmos espaços com amigos ou familiares com problemas de saúde ou em tratamento retroviral. Monitore-os e mantenha uma comunicação constante com eles.
  • Se você é usuário de substâncias psicoativas, vive com HIV e está em tratamento retroviral é aconselhável não consumir todos os dias. Você deve tomar cuidado com substâncias como poppers, cocaína e MDMA. O MDMA provoca imunossupressão, ou seja, uma diminuição na resposta imune do corpo.
  • Se você se abasteceu com substâncias psicoativas, não use tudo nos primeiros dias, racione as substâncias. Lembre-se de que os fornecedores também estão em quarentena. Não arrisque comprar de estranhos ou em biqueiras/boca de fumo.
  • No caso da cânabis, não consuma cigarros de maconha que já estejam prensados. Se você comprá-los dessa forma, recomendamos que dichave o prensado, retire as impurezas e volte a embalá-lo com couro ou em um novo papel.
  • Tente não fumar em ambientes fechados na sua casa. Não fume cigarro de maconha durante o dia inteiro. Racione a quantidade.
  • Se você é um usuário de heroína ou opióide, faça estoque de metadona por 2 semanas para períodos de abstinência.
  • Se você usa cocaína ou outros estimulantes (tipo anfetaminas ou MDMA) regularmente, lembre-se de que o consumo dessas substâncias durante o confinamento da quarentena pode aumentar sua ansiedade.
  • Não beba álcool todos os dias.
  • Evite festas em casa.
  • Certifique-se de ter preservativos em mãos.
  • Não consuma SPA na frente das crianças.
  • Toda vez que você desejar consumir, pense em uma escala de 1 a 10, o quanto você precisa? Pergunte a si mesmo se existe outra maneira de acalmar essa ansiedade, pois você pode evitar o consumo ou aumentá-la.
  • Pratique exercícios de ioga, relaxamento e respiração. Faça alguma atividade física em sua casa.
  • Mantenha uma dieta rica em vegetais, frutas, vitamina C e proteínas.
  • Não se esqueça de ficar em casa, se puder.
  • Se você tem festejado e consumindo muito, o isolamento é a oportunidade de diminuir o consumo, dar um tempo ao seu corpo e se desintoxicar um pouco.
  • Convidamos você a mostrar solidariedade com as pessoas que não têm casa ou lugar para se isolar. Se você puder, forneça comida e abrigo. Ajude-os a encontrar um albergue ou centro de acolhida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *